Tarte de banana na frigideira

Sabe aquele momento depois do almoço em que apetece uma coisinha doce? É esta a receita que deve preparar! Uma deliciosa receita rápida de tarte de banana na frigideira.

IMG_20200811_145518

Rápida de preparar e tão boa! Pode adequar ao seu paladar e objetivos com facilidade e prepara-se em poucos minutos. As farinhas podem ser substituídas facilmente, veja as dicas abaixo!

Receita da panqueca:

1-2 unidades

2 colheres de sopa de leite ou bebida vegetal

1 1/2 colher de sopa de farinha de coco

1 colher de sopa de linhaça dourada moída

1 banana Madeira

1 ovo

1/2 colher de café de bicarbonato de sódio

Canela moída

Azeite para pincelar

Opcional: geleia de coco, mel ou xarope de ácer

IMG_20200811_145252

  1. Comece por pincelar a frigideira com azeite. Se utilizar, coloque neste ponto a geleia de coco ou mel e por cima coloque a banana em rodelas e cozinhe em lume brando enquanto prepara a massa.

IMG_20200810_174639

2. Bata os restantes ingredientes numa taça e verta sobre a banana, tape e cozinhe em lume brando (na placa de indução, cozinhei no 2).

3. Vire sobre um prato e sirva de imediato.

IMG_20200810_175010

Pode utilizar outras frutas como pêssego, mirtilos, por exemplo e pode substituir por outras farinhas como farinha de arroz, de amêndoa ou fécula de batata. Totalmente adaptável ao seu gosto pessoal!

Experimente e diga-me o resultado! Se gostou, partilhe nas suas redes e faça tag a @temperosdaargas.

Azul Petróleo e Branco Minimalista Grade de Foto Receita Imagem para Pinterest

Veja mais sobre a minha placa de indução aqui  e aqui.

 

Parceiro: Meireles

 

 

 

 

Assina a newsletter e recebe grátis!

Cheguei aos 10000 seguidores no instagram e para festejar decidi que deverias também ganhar com isso, assim, irei oferecer o meu próximo ebook de Ementa Semanal em Família aos que se inscreverem durante o mês de Agosto: assina a newsletter e recebe grátis!

116676133_4736721296353553_3949489126885497836_o

a copy

Neste ebook irei partilhar dicas de receitas para toda a semana e para toda a família. As receitas são sem glúten, sem refinados, sem processados e podem ser facilmente alteradas para ajustar ao paladar da tua família com as dicas que irei indicar em cada uma das receitas.

O que podes encontrar?

  • pequeno-almoço
  • refeições principais
  • snacks

Para que possas, de modo fácil e prático, adaptar a alimentação da tua família a uma alimentação mais saudável!

a copy

E se não tiveres filhos? O ebook serve para ti?

Claro que sim, as receitas servem para qualquer um! Podes ajustar às tuas necessidades e objetivos!

O que tens fazer? Apenas tens de te inscrever gratuitamente na newsletter. Não tem custos! Quando assinares a newsletter passarás a receber a minha newsletter semanal (da qual poderás desistir a qualquer momento) com dicas, sugestões e descontos exclusivos! Os dados serão apenas utilizados na newsletter de Temperos da Argas e não serão fornecidos a terceiros!

Vamos a isso?

a copy

Lasanha de coelho Low Carb

Esta é a receita que preparei no direto com a Mitt, ainda o poderá visualizar no instagram da marca. Preparámos uma deliciosa lasanha de coelho low carb utilizado a carne de coelho picada desta marca.

a

Já vos falei desta marca no blog em algumas publicações. Esta marca disponibiliza, com entrega em nossas casas, utilizando transportadoras refrigeradas, em perfeita segurança, cortes de carne de coelho modernos, fáceis de utilizar no dia-a-dia na alimentação de toda a família além dos cortes mais tradicionais.

Lasanha de coelho

4 pessoas

600 ml de polpa de tomate

500 g carne picada de coelho

400 ml natas frescas

100 g cogumelos frescos

100 g bacon

100 g mozzarella ralada

5-6 colheres de sopa de azeite virgem extra

2-3 curgetes médias

2 colheres de sopa de farinha de trigo sarraceno ou de arroz

2 colheres de sopa de manteiga ou azeite

1 cebola média

2 dentes de alho

1 colher de sopa de massa de pimentão

Ervas aromáticas a gosto: sálvia, rosmaninho, tomilho, louro…

Sal e pimenta q.b.

  1. Comece por cortar a curgete em tiras finas (pode tirar a casca ou deixar, como preferir), coloque sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal, tempere com sal e leve ao forno a 200ºC até as tiras estarem secas. Reserve.
  2. Salteie a cebola e 1 dente de alho picados em azeite. Adicione o bacon, as ervas aromáticas e a carne picada. Adicione 1 colher de sopa de farinha e envolva. Deixe cozinhar por uns minutos até que ganhe cor. Adicione a polpa de tomate a massa de pimentão, tempere e deixe cozinhar até à consistência desejada. 
  3. Para o molho branco, pode utilizar apenas as natas ou preparar molho de cogumelos: leve 1 dente de alho picado a dourar com a manteiga, adicione os cogumelos picados e cozinhe por uns minutos. Tempere, envolva a farinha e adicione as natas frescas. Cozinhe até engrossar.
  4. Para montar a lasanha: comece por espalhar um pouco de molho branco na travessa, repita depois sucessivamente tiras de curgete, carne, molho branco e queijo. Termine com as tiras de curgete, molho branco e queijo ralado. 
  5. Leve ao forno a 200ºC até estar dourado.

IMG_20200805_180058

Espero que goste desta receita. Se gostar, partilhe-a nas suas redes e quando a preparar, faça tag para que eu a possa ver, colocando @temperosdaargas.

c

Parceiro nesta receita: Mitt

 

 

 

Quinoa com cenoura picada

Muitas seguidoras me têm pedido receitas de acompanhamento mais saudáveis para variar do tradicional (arroz, massa e batata frita). Trago-vos assim uma receita rápida de preparar, saborosa e mais saudável: quinoa com cenoura picada.

IMG_20200802_190134

 

A quinoa é um pseudo-cereal. Pode preparar sem outros cuidados, assim como vem na embalagem, pode também lavar, retirando alguns dos anti-nutrientes, mas, idealmente, deve demolhar em água por algumas horas, para que o teor em anti-nutrientes seja mais reduzido.

 

Esta é mais uma das receitas onde a placa de indução ajuda bastante! Como vos disse sou embaixadora da marca Meireles e já vos falei da minha placa Free Cook. Mudar de uma placa a gás para a placa de indução, facilitou bastante a minha vida, nomeadamente porque a placa tem um temporizador. Este temporizador pode ser utilizado apenas como alarme, sendo ativado um sinal sonoro ao fim do tempo indicado ou pode ser utilizado na placa escolhida para a desligar ao fim do tempo indicado.

 

A quinoa demora 20 minutos a cozer, a partir da altura em que é colocada em água a ferver, assim, utilizei o temporizador para indicar que esse tempo tinha chegado ao fim. Enquanto estamos em casa e, tantas vezes, atarefadas evita que as receitas se queimem!

 

Quinoa com cenoura picada (3 doses)

 

1 chávena de quinoa

 

2 chávenas de água

 

1 cenoura picada

 

1 folha de louro

 

1 colher de sobremesa de azeite virgem extra

 

Sal marinho q.b.

 

  1. Coloque a água com o sal a ferver.

 

quinoa a cozer

 

2. Adicione a quinoa lavada (ou demolhada), a cenoura picada, a folha de louro e o azeite e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos.

IMG_20200802_183217

3. Passado esse tempo, tape até ao momento de servir.

IMG_20200802_190121

Gostaria de ver mais receitas com quinoa? 

Azul Petróleo e Branco Minimalista Grade de Foto Receita Imagem para Pinterest

Se gostou da receita, partilhe nas suas redes e quando experimentar faça tag @temperosdaargas. 

Parceiro nesta receita: Meireles 

 

 

Crepes com recheio de creme de cacau e mel de rosmaninho

Adoramos esta receita de crepes aqui em casa e hoje sugiro uma receita de Crepes com recheio de creme de cacau e mel de rosmaninho. O mel de rosmaninho é o preferido aqui por casa. De sabor suave e levemente aromático enriquece sem se sobrepor aos restantes sabores.

c

É sem dúvida o adoçante mais paleo, mais natural e mais sustentável. Este que utilizei é da Serramel. É um mel nacional, extraído de forma tradicional e com garantia de qualidade.

Aqui foi utilizado para preparar um recheio de cacau que é absolutamente delicioso e simple de preparar!

2/3 chávena de farinha de avelã
3-4 c. de sopa de óleo de côco derretido
2 c. de sopa de cacau em pó
Mel de rosmaninho q.b.

Misture tudo, recheie e aproveite.

b

A receita de crepes está aqui na página, pode ver aqui em pormenor. Tem apenas 3 ingredientes e é muito rápida de preparar:

4 ovos

1/2 chávena de polvilho doce

3/4 chávena de água

  1. Misture todos os ingredientes.
  2. Cozinhe em frigideira quente e untada com gordura a gosto.

E você gosta de mel? Qual é o seu preferido?

Azul Petróleo e Branco Minimalista Grade de Foto Receita Imagem para Pinterest (1)

Se gostou, partilhe nas suas redes sociais com os seus amigos! Faça tag a @temperosdaargas, sempre que experimentar as minahs receitas

Parceiro nesta receita: Serramel

Panna Cotta aromatizada com calda de maracujá

Assim que recebi esta tisana da mercearia online 2 Yummy, uma loja online da qual sou parceira, imaginei logo utilizá-la numa Panna Cotta. Não me pergunte porque é que a minha cabeça vai logo para os doces.  Também é assim?

IMG_20200730_170642

A tisana é drenante, feita com ingredientes biológicos produzidos no Alentejo e, de certeza que já a conhece pois é da Senas Saudáveis.

Veja este e outros produtos na loja e se usarem o cupão 10ARGAS tem 10% de desconto

Vamos lá então preparar a sobremesa:

400 g de natas frescas ou leite de coco
1 colher de sobremesa de tisana (usei Tisana Drain You)
1 colher de sopa de mel ou outro adoçante a gosto
10 g gelatina neutra em pó
Maracujás frescos.

1. Coloque as natas e mel dentro de um tacho. Coloque a tisana dentro da saqueta ou outro acessório com a mesma função e junte-a ao tacho.
2. Leve todos os ingredientes a lume brando e deixe cozinhar assim por uns 10 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue e retire a saqueta.
3. Adicione a gelatina, misture e coloque em recipientes adequados. Leve ao frigorífico por algumas horas antes de servir.

Servi simples com polpa de maracujás da horta!

Utilizei estes recipientes próprios para o efeito da Tescoma  e ficam lindas ao desenformar! Se utilizar o cupão argas10 terá 10 % de desconto!

Amanhã trarei um Brownie para (não) desenjoar de doces 😂 Vamos a isso?

Parceiros nesta receita: Tescoma e 2 Yummy

Hambúrguer de coelho com pão de brócolos [low carb]

Depois de vos falar da Mitt, marca que se compromete em oferecer novas alternativas de consumo da carne de coelho nacional ao consumidor, trago-vos hoje uma receita prática e que agradará facilmente a todos: hambúrguer de coelho com pão de brócolos.

IMG_20200723_175801

A carne de coelho tem pouca quantidade de gordura, é uma carne branca e saudável de sabor suave mas característico. Aqui foi envolvida em bacon, acompanhada de salada e o tradicional pão foi substituído por um cogumelo marron em baixo e por um pão low carb de brócolos em cima. Rápido e saboroso!

IMG_20200723_163721

Burger de coelho envolto em bacon

Para 4 doses

1 embalagem de hambúrguer de coelho

8 tiras de bacon

Sal e pimenta q.b.

  1. Tempere a carne com sal, pimenta e aromáticas q.b., envolva-a cada burguer em duas tiras de bacon e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal.

IMG_20200723_164011

2. Pré-aqueça o forno a 200ºC, coloque o tabuleiro no forno a cozinhe por cerca de 20 minutos.

3. Coloque noutro recipiente forrado com papel vegetal os cogumelos arranjados e temperados a gosto.

Pão Low Carb de Brócolos

Para 4 doses

150 g brócolos crus

40 g farinha de trigo sarraceno

2 ovos

1 colher de sopa de farinha de coco

1 colher de café de fermento ou bicarbonato de sódio

Sal marinho

Opcional: sementes de abóbora para decorar

  1. Triture os brócolos num robô de cozinha.
  2. Misture os restantes ingredientes utilizando um garfo.
  3. Com uma colher, coloque a massa (não é maleável) sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal e decore a gosto.
  4. Leve a cozinhar por cerca de 10 minutos.

Montagem

Queijo fatiado

Alface

Tomate

Cebola roxa

Mostarda

Pickles

  1. Chegada a hora da montagem, coloque os ingredientes a gosto e pode servir acompanhados de batata-doce em chips assada no forno.

IMG_20200723_180054

Se gostar desta opção, partilhe nas suas redes sociais com @temperosdaargas.

pin

Papas de aveia (e ovo)

Hoje trago-vos uma receita simples e deliciosa de papas de aveia (e ovo) que ficou pronta em 5 minutos. 

IMG_20200727_145034

vos falei da minha nova placa de indução Free Cook da Meireles, marca da qual sou embaixadora. Confesso que a alteração de fogão a gás para placa de indução mudou bastante a nossa rotina. Essencialmente porque é prática tanto para utilizar como para limpar! 

Estas papas de aveia podem ser preparadas na noite anterior ou de manhã pois são muito rápidas de preparar e perfeitamente adaptáveis ao seu gosto particular. 

Para 2 doses:

1 medida (caneca) de flocos de aveia finos

2 medidas de água ou bebida vegetal

Ingredientes opcionais:

3-4 rodelas de banana

1 ovo

Canela moída

Manteiga de amêndoa ou de amendoim

Fruta para servir

Preparação:

  1. Leve a água, os flocos de aveia e a banana (se utilizar) e cozinhe por uns 5 minutos em lume brando.

IMG_20200727_141632

2. Se utilizar o ovo, adicione mais meia medida de água fria, misture no preparado quente e adicione imediatamente a clara de ovo crua e misture novamente até incorporar. Neste ponto, pode também adicionar a canela moída. Cozinhe por mais uns 2-3 minutos, até à consistência desejada.

IMG_20200727_142237

3. Em lume baixo, adicione a gema de ovo crua, mexa vigorosamente e cozinhe por mais um minuto.

IMG_20200727_142506

Sirva a gosto com fruta, manteiga de amêndoa ou amendoim.

A adição do ovo irá enriquecer a papa em proteína e gordura, tornando-a numa papa mais completa e saciante. Pode substituir os flocos de aveia por flocos de quinoa ou de trigo sarraceno.

IMG_20200727_145041

O que acha? Pronto para encarar um dia mais saudável?

Azul Petróleo e Branco Minimalista Grade de Foto Receita Imagem para Pinterest

Se gosta, partilhe nas suas redes sociais!

Parceiro nesta receita: Meireles

 

Um clássico: Osso bucco e risotto à milanesa

Osso bucco é presença habitual em festas da minha família, conhece? A receita que partilho convosco é um clássico de Itália: Osso bucco e risotto à milanesa.

o2

O que é o Osso Bucco?

O osso bucco traduz-se literalmente como “osso com buraco” e é um corte das patas traseiras de bovinos. O osso tem no seu interior o tutano, sendo, assim, particularmente importante optar por carne de excelente qualidade,de empresas nas quais temos total confiança – é o caso da Carne d’erva da qual já vos falei.

o6

O tutano não deve ser removido pois é crucial para dar consistência e sabor ao molho. A envolver o osso estão os músculos e tecido conjuntivo. Este ao cozer lentamente e por um longo período, vai formar a típica “gelatina” que é tão boa para a nossa saúde (redução da celulite, melhoria da elasticidade da pele, protecção de processos oxidativos, redução da inflamação intestinal, melhoria da saúde mental e do sono).

o3

Receita de Osso Bucco:

Para 3 pessoas

3 pedaços de Osso Bucco Carne d’erva (1 embalagem)

500 ml caldo de carne

100 g bacon

50 ml de vinho branco

4-5 tomates médios maduros

3 colheres de sopa polpa de tomate

2 cenouras

2 dentes de alho

1 colher de sopa de manteiga

1-2 pés de cebolete

1 colher de sobremesa massa de pimentão

Raspa de 1 limão

Sal marinho e pimenta moída q.b.

Tomilho, alecrim e louro q.b.

Fubá de mandioca (ou outra farinha) q.b.

  1. O osso bucco deve ser previamente descongelado no frigorífico durante 1-2 dias.
  2. Corte o bacon em tiras finas. Coloque na frigideira com a manteiga e salteie até dourar. Retire e reserve.
  3. Tempere o osso bucco com sal e pimenta moída e passe-o por farinha de modo a que fique bem envolvido.
  4. Salteie na frigideira previamente utilizada até dourar. Retire e serve.
  5. Adicione as ervas aromáticas, o alho, cebolete picado, raspa de limão e salteie por 1 a 2 minutos.
  6. Adicione depois os tomates picados, a massa de pimentão e a polpa de tomate e envolva. Cozinhe por mais 2-3 minutos.
  7. Volte a colocar a carne e bacon reservados previamente, assim como o caldo de carne, o vinho e a cebola em rodelas finas. Retifique os temperos e deixe cozinhar em lume brando com o recipiente tapado por cerca de 2-3 horas.

IMG_20200723_122825

Receita do Risotto de açafrão:

Para 3 pessoas

350 ml caldo de legumes

200 g arroz para risotto

50 ml vinho branco

40 g manteiga

25 g parmesão

1 colher de sopa de hastes de açafrão

1 dente de alho

1/2 cebola média

Sal marinho q.b.

  1. Aqueça o caldo de legumes.
  2. Aqueça a manteiga e salteie a cebola e o alho picados.
  3. Junte o açafrão e o arroz e frite ligeiramente. Acrescente o vinho e o sal marinho e deixe que levante fervura e o álcool evapore.
  4. Aos poucos, adicione o caldo, esperando que o arroz o absorva e só então coloque mais, mexendo sempre. Este processo de cozedura do arroz dura entre 18 a 20 minutos.
  5. Desligue o lume e envolva o queijo ralado.
  6. Deixe repousar dois minutos e sirva de imediato com o osso bucco previamente preparado.

o4

Pode servir com aromáticas picadas, alho e raspa de limão. E ainda pode acrescentar raspas de parmesão.

Se gostou desta receita partilhe-a nas suas redes sociais, colocando @temperosdaargas ou #temperosdaargas.

Parceiro nesta receita: Carne d’erva

 

 

Carne de coelho

Nesta publicação irei falar-nos de carne de coelho e desta nova parceria com a marca Mitt.

IMG_20200723_163721

Para algumas pessoas existe o tabu no consumo de carne de coelho, sendo mais habitual em algumas zonas do país e no sul da Europa. E, provavelmente, se não fez parte da sua educação, dificilmente passará a fazer mais tarde. E está tudo bem!

O que distingue a carne de coelho das restantes?

A carne de coelho é uma carne branca e pode ser enquadrada numa alimentação saudável e variada. Tem elevada quantidade de proteína (maior quantidade por 100 g em comparação com carne de vaca ou frango) e baixa quantidade em gordura.
É rica em ferro biodisponível, minerais (fósforo, zinco, selénio e potássio), vitaminas B3, B6 e B12.
Tem sabor suave e é tenra.

IMG_20200723_164011

MITT – Carne Coelho Online

A MITT pretende oferecer facilmente ao consumidor, providenciando entregas ao domicílio, uma variedade de cortes que facilitarão a preparação no dia-a-dia.

Tem cortes que eu designaria por modernos como hambúrguer, carne picada ou almôndegas (sendo estes com 100% carne), tem opções mais gourmet onde destaco os medalhões e lombinhos mas tem também a variante Lusitano, semelhante ao que estamos tradicionalmente habituados.

É carne produzida em Portugal, destacando-se pela excelência na preparação, corte e apresentação.

Visite a loja online, onde poderá consultar as diversas opções com entrega em todo o continente na loja online – aqui.

Parceiro nesta receita:Mitt