Queijo mascarpone caseiro no Yogurtnest!

Há anos que não fazia queijo mascarpone e, perguntam vocês, porquê então agora? Primeiro, porque ando a evitar plásticos desnecessários, segundo, porque o sabor de algo caseiro é sempre diferente de algo processado industrialmente. Neste caso, foi preparado na iogurteira sustentável e totalmente portuguesa Yogurnest (já vos falei nela aqui) o que permite que a fermentação ocorra sem recurso a electricidade!

IMG_20191210_114952

Neste caso o queijo mascarpone é fermentado na iogurteira, ficando com um sabor delicioso. Uma conjugação maravilhosa da gordura do leite e natas, o seu sabor e cremosidade, com o sabor característico da fermentação.

800 ml leite gordo (utilizo Nova Açores Gordo)

200 ml natas frescas

2 cápsulas de probióticos * OU 1 iogurte

 

1- Aqueça o leite até aos 90ºC (até que comece a ferver). Desligue a aguarde até que fique à temperatura de 50ºC.

2- Adicione as natas e o probiótico (esvazie as cápsulas e utilize apenas o seu interior), misture bem com uma vara de arames.

3- Verta o preparado em um ou dois frascos grandes de vidro, tape e coloque dentro do Yogurtnest, tapando com a “boina” durante aproximadamente 16 horas. Como está muito frio, a meio desse tempo, coloquei também um frasco com água quente dentro do Yogurtnest para manter a temperatura quente no seu interior. Passado esse tempo coloque no frigorífico por algumas horas antes de prosseguir.

IMG_20191210_115038

4- Coloque o Better Cloth sobre um coador, e este sobre o jarro ou taça funda. Verta o preparado obtido para dentro da rede. Coloque dentro do frigorífico e aguarda que o soro se separe do iogurte (5 horas, no mínimo, ou durante a noite).

IMG_20191207_112916

5- O soro ficará acumulado no fundo da taça ou jarro e o queijo mascarpone dentro do Better Cloth ssobre o coador.

6- Guarde o queijo mascarpone dentro de um frasco e está pronto a utilizar. Como pode existir alguma sepração de fases devido à gordura (BOA!) dos laticínios utilizados, pode primeiro bater o preparado coado obtido com uma varinha mágica ou robô de cozinha e depois sim, colocar dentro do frasco.

IMG_20191210_115057

Pode utilizar em cheesecake, mousse, tiramisu. Pode encontrar imensas receitas com este queijo aqui no blog.

*Probiótico: o probiótico utilizado deve conter pelo menos uma das seguintes estirpes: Lactobacillus bulgaricus, Streprococcus thermophilus, Bifidobacterium lactis ou Lactobacillus acidophilus (utilizei Bio-kult)

Dicas:

  • Pode consumir o soro, utilizar em batidos ou para fazer pão e bolos.

Visite a loja e podem beneficiar de desconto com o código abaixo -> AQUI 

logo_nav-copy copy

Parceiro nesta receita: Yogurtnest

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: